Histats

segunda-feira, 4 de maio de 2015

PRÉMIO - Concurso Uma Aventura Literária 2015

Como alguns de vocês sabem, a nossa escola participou este ano no Concurso Uma Aventura. O mais novo membro do nosso clube, o Miguel Martins, do 5ºB, conquistou o júri, que lhe atribuiu o  Prémio Especial do Júri na modalidade de Texto Original. Publicamos agora o texto premiado, que será publicado num dos próximos livros da coleção Uma Aventura e que o Miguel escreveu durante uma sessão do nosso clube, a partir de um conjunto de palavras dadas. 
PARABÉNS, Miguel!



O dragão da amizade

Numa manhã, numa aldeia longínqua, um escritor muito rico e muito famoso estava a escrever uma história que incluía um dragão. Esse dragão não era um dragão qualquer, era um dragão da amizade. Em vez de provocar confusão, causava muita alegria e felicidade.
Entretanto, o escritor aborreceu-se e foi ter com um cientista, que era muito inteligente, sabia quando as pessoas mentiam e diziam a verdade, quando faziam o bem ou o mal.
Quando o escritor entrou no laboratório, viu uma poção mágica que, de acordo com o que dizia no seu frasco, fazia as coisas arder. Surpreendido, o escritor perguntou ao cientista:
- Como funciona esta poção, meu velho amigo?
- Olha só quem é! O meu velho amigo James! – exclamou ele. – É só deitá-lo para cima de alguma coisa e essa coisa começará a arder.
- Obrigado, posso levá-la para a acrescentar à minha história?
- Claro! Adeus, fica bem!
Quando o escritor, que já sabemos que se chama James, voltou para casa, a sua história estava a acontecer! Mesmo à frente dos seus olhos estava um dragão azul, com dez metros de altura e tinha uma coleira com picos.
Aconteceu inesperadamente o que ele tanto desejava: o dragão fez com que aquela aldeia ficasse ainda mais amiga, até os maiores inimigos se ajudaram e se abraçaram.
O James, mesmo não sabendo antes que aquele papel onde escreveu era mágico, ficou orgulhoso de si mesmo, pois sabia que tinha escrito o bem.

Miguel Martins, 5ºB


3 comentários:

Paula Campos disse...

Deixo um grande beijinho de parabéns ao Miguel e às professoras.
Ensinar a Ler, Escrever e Pensar é um dom. Aprender a fazê-lo é uma dádiva!
Com muito orgulho,
A diretora
Paula Campos

Anónimo disse...

Parabéns aos participantes no concurso.
PARABÉNS ao Miguel e a todos os professores que o incentivaram a escrever.
Um beijinho continuem...
A PB
Rosa Serra

Anónimo disse...

Gostei muito do texto do Miguel, está muito bem escrito mas não é isso que mais me cativou no texto. O que me cativou no texto foi a sua imaginação porque para se escrever um bom texto é preciso ter muita imaginação.